terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Transformers





Abraço no tempo 

nova identidade
tempo que marca o meu rosto 
envelhece
permanece em mim 
o doce e o sal das idades que eu tive
nova estação proposta amadurece 
flores se abrem e a vida floresce
Renova

Sementes sobejam a vida
Frutificação

Continuidade viva
noutro rosto imposto
é quase um carinho esse arranhão
paixão retalha a carne em forma de rugas
sugos abertos alariam mudanças
mutações recentes 
constantemente...
O barro contorce
brinca meu corpo
modelo vivo esculpido

vitrine exibida da idade vinda
Atrações inéditas que me são resposta
compensação da dor de viver
e completar o ciclo...
Adolescer 
Amanhecer
Contra-mão
Contraversão.



Marcos

Eu falo, tu falas



Declamas
Rimas e canções
Derramas versos
De escrito dramático
Verbalizas
Poesias...

Comigo
Deslizas
Em silêncio
Ficas
Ensimesmado
Falas-me 
do teu amor
Calado
Calas-me
Falo do meu amor
Declaro
Calas-te
Calo
Falas-me
Falo...


Marcos

Em teus olhos vejo






Acredito no que eu vejo
olhando nos teus olhos 
quando te vejo
fito
vejo que vês o que eu vejo
vejo tudo de ti quando te vejo...
"and I think to myself, what a wonderful world"
vejo em teus olhos
tudo de mim quando te olho vejo.
a wonderful word...




Marcos 

Avoação









Ensaio asas 
Ter
Como liberdade 
Ser
Pássaro - homem que sou
Voo só
Voo livre
Dilatação
Voo que me inspira
e me dá asas
Imaginação...


Estendo asas 
Ter
Como liberdade
Ser
Homem - pássaro que sou
Vou só
Vou livre
Ilusão
Vou até a esquina
Volto solidão...


Asas me dê asas ao coração!






Marcos

do que se lamentar?





Talvez eu até tivesse tido
algum motivo pra lamentar
se meu país estivesse em guerra
se o meu coração não conhecesse a paz
se não tivesse esperança no amanhã, tenho hoje
se eu nunca tivesse amado sempre
se não sentisse saudade nunca
se o meu canto fosse triste agora
se nunca tivesse visto o mar
se não conhecesse consolo e consolador
se dores e tristezas da vida não tivessem compensações a dar
se todos tivessem ido embora
se fosse sempre solidão
se tua mão amiga estendida não alcançasse a minha mão
se eu te negasse amor e amar
se eu revidasse um amor negado
se de todo eu perdesse a fé e a razão
perderia o senso e a liberdade de escolha
partida e chegada - negada participação
Impedida a vida cumprida
conclusão,
lamentação...




Marcos

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Use a chave







Abra mão pra
receber
o que a vida
tem pra oferecer
o que o Mão tem pra lhe dar...




Marcos

O dia que passou...







Adentrei uma porta no tempo
em busca 
de um dia passado
pra eu ver como era
e o que era
passou,
ficou registrado 
uma visão esmaecida
confusa
descolorida
e vi que o dia passado
já não existia
esvaia...
Um dia vazio
desbotado
e sem vida
Existia em estrutura em algum lugar
na minha alma
abrigo,

Apenas o dia de hoje 
e o agora
me é registrado
momento exato 
descrito
O ontem,
esse meu dia passado
já não existe mais 
forasteiro
vivido
esquecido...






Marcos

Fizemo-nos Um






Olhei
e vi
e fixei 
o meu olhar
no teu olhar
fotografei
registrei o teu olhar em mim


Ouvi
gravei a tua voz
bem dentro dos meus ouvidos
Alarido
no coração prescrevi


Meus passos 
pararam junto
aos teus passos
te encontrei
caminhei
prossegui 


Minhas mãos 
nas tuas mãos
eu tomei
e não mais estive 


Vejo você 
olhando pra mim 
quando te vejo...




Marcos

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Um, dois, três, te peguei



Esconde-esconde
Amarelinha
Gargalhada
Adrenalina
Que ciumeira a minha...
Brincas de esconder
á sério
até que eu te encontre
brinco
Não escondo
o prazer de te encontrar
estou pronto
quanto mais te escondes
mais te vejo
no apelo de te achar
meu par
te pegar
te peguei,
um, dois, três...






Marcos

Fim de semana







É,

o fim de semana chegou,

vou com as crianças andar descalço,

me calçar de alegrias 

e pequenos folguedos inocentes 

nas gargalhadas infantis

despreocupadas e preciosas 

gulosamente lamber o néctar do sorvete

escorrendo na casquinha 

lambuzada de prazer...

e por fim

me refazer 


e recompor 


em conversas sérias

e brincadeiras doces

ao lado de quem eu mais gosto 


e mais preciso...!

"São os filhos a herança dos pais."



Marcos

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Pessoa









Organismo vivo
minha humanidade
sistema incorporado
único 
identidade
complexidade
do qual tantas
vezes ofendo
rivalizo
ofendido me ofendo
retaliando a ofensa
me defendo
individualizo
espelho
superando
o confronto de mim mesmo 
ritualismo
no qual eu vivo 
existo...




Marcos

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Rio-mar



Teus braços
vertentes
afluentes
do mar que há em mim
quando te encontro
á sós
enfim...
navego
mergulho
imerso 
vou fundo
no teu amor desaguar
perco o ar
ai de mim
Afogar...


Marcos

Escrevente



Ao longo
dos anos
uma caneta
caderneta
anotações escrevi
anotadas no tempo
registradas dia-a-dia
Quanto tempo
anotar...


Nada abrevio
tudo escrito legível
credito
anotado.


Adotei visões 
Impressindíveis
Intrasponíveis
Imprevisíveis
Impressionantes


Visionárias
visões 
extraordinárias...







Marcos

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Unicidade



Teu corpo
Flor
Meu corpo
Pouso
Anseio
Desejo
O meu calor
no seu calor
Amor floresce
Vejo
Doçuras
Que me repartes
Noutras partes
Compartilhas
Na partilha de pólem e nectar
Grata essência viva
me ilumina
Sugo 
Néctar e me alimento
Delícias
Quando me fazes
Me recebes
Te recebo inteiro
Nutres de poesia minha vida
Amor em flor
pétala macia
Minha ilha
de tantas outras que vi por aí
só pra você
o existir...




Marcos

Velha idade







Velho é o mundo
e tudo o que nele há
tudo é velho 
e a cada novo
depois de um tempo
velho está...


Velhos anos 
coleciono na minha idade
E todo o velho
se renova todo dia
cada dia 
novidade de vida
nova idade
feliz  idade
f e l i c i d a d e ...




Marcos

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

o seu corpo no meu corpo








Todo o meu corpo
reage á 
Matemática 
exata
do seu corpo
no meu corpo
Somam um 
Suas mãos nas minhas mãos
Química
Física
História viva
Geografia
mapeando
nossos corpos
num abraço
desenhado...
Lábios que
conjugam verbos
em claro 
e nítido som em 
Português
refeito 
aflitos por se dar
no verbo amar
...
Arte Plástica 
colorida
toda a vida
definida
tela guarnecida 
entre lençóis
Arrebatar...




Marcos

Vejo o que sejo








Quero ver-te
           e vejo
Vejo o que vês
por sua vez
e sejo


Vejo

beijo 
o desejo
Sejo


Sejo o que vês e vejo


Vejo o  que  és e sejo


Olho e vejo  que sejo


Abro  os  olhos pra ser
                         e vejo
Fecho os olhos pra ver
                          e sejo


Meus olhos
nos teus olhos
flerte
Relampejo


Ver-te
Ter-te
Ser-te


"... Quando eu te vejo eu desejo o teu desejo..."




Marcos

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Tua falta sinto





Mãe,
hoje queria o teu colo
embora eu já não caiba
mais no teu amparo
na morada do teu peito
teu abraço
seria eu para sempre 
o teu menino.


Não é de dor
nem de cansaço
nem de todo de saudade imposta
estou bem
e tudo á minha volta
mas gostaria do teu colo agora
apenas pra saber
que te teria ao alcance do coração
bem vindo...


E te trazer forjada 
na lembrança
e só por ela
uma saudade tua
te terei de volta 
outra vez constante
como outrora
a minha mão na tua.




Marcos

tecnologia



Quem saberia
o lugar exato
onde 
estás,
eu estaria


a te cercar
quem dera
quisera


a te tocar
me espera
quimera


a te pintar
em tela
no monitor do meu olhar
de click
Acredite...




Marcos

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

A saudade riu pra mim








Descrevi o teu rosto 
pra saudade
e me postei sorrindo
enquanto ela ria 
admirada
por teu rosto amigo
apaixonada
suspirava
vendo teu rosto inteiro
meu abrigo...
Como entristecer da tua ausência
se até a saudade
compartilha
orgulho oferecido
ombro amigo
Um sol riso
teu sorriso


Ter-te a ti distante
já é presença...


Deixa-me 
estar contente
de saudades tuas...




Marcos

Equidistante





E quando me assaltas
na lembrança
a tua imagem toda
embora
eu não tenha
a tua mão na minha
visto que distante 
por agora estejas
tua presença viva
me acerca
e sejas 
tu 
o meu ponto de partida
minha caminhada
tua chegada...




Marcos

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Paisagem chilena







Sentei-me de frente
pra um mar de idéias
paisagem insólita
requerida
no Chile
decifrei você
Imagem plena...
E foi assim
uma experiencia
tão ávida de verdade
que por um momento
no tempo
acreditei existir,
o banco
o legível
o possível
o real fotográfico
da cena imaginada
descrito em frente da poesia
Eu vi você
nitidamente recortado
na paisagem escolhida
Minha mente
não mente
Concebe...




Marcos

Refeito





Venho aqui
cada vez
que sinto
um defeito
estreito
entre o que eu sou
e o que eu sinto
compareço
Insisto
em ver no horizonte
uma ponte
uma fonte
um eternal de luz
no meu caminho
não desisto de tentar 
saídas
proferidas
pela esperança 
que encontro quando venho aqui
Nem é de todo solidão
nem de todo solitário é
Solidário
solidar
consolidar
Imensidão
Sólida provisão
Provisionar...




Marcos

á distancia









Talhei nos olhos
teu rosto 
na lembrança
Redesenhei 
flores
no pensamento
sabores
ao pensar em ti
Provi perfumes
teus aromas
percebi
pressenti
prendas tuas
da tua mão estendida
noite nua
sem lua
adormeci
belo
amortecido 
de saudades tuas...




Marcos

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Me chama que eu vou





Não toque
Não pegue
Não coma
Não faça
Não seja
Não veja
Não diga
Não pense
esteja...


Hoje sei
que a cadeira
e as muletas 
não são minhas
são deles
deles são
e sejam
todo o arsenal de paralisia
que me impuseram ao longo da vida.


"Levanta e anda!"


Levantei 
e andei
e não parei...






Marcos

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

novidade de vida





Meu amigo 
Velho amigo
de cara nova
novo amigo
nova idade
novo tempo
nova vida
novidade de vida...




Marcos

Idas e Vindas





Enquanto
você vai por aí
eu vou por aqui
nos encontraremos depois
numa volta
pra que eu veja o que viu por ali
para que veja o que eu vi por aqui
que eu veja o tenha visto 
então veja por mim o que seja
veja por si o que veja
vejo por ti o que vejo 
por aqui...




Marcos

Arte contando a História



Nas paredes
das cavernas
arte impressa á mão
primitiva
primitivista
marcas
instalações,
legados históricos
documentos
registros...
Vestígios de Humanidade!
Patrimônio...
História contada
Herança contida
no conteúdo do tempo 
História, 
pré-história
Pós-história 
inserida na vida...




Marcos

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Avenir







Ontem
reencontrei um amigo
a quem não via 
há tempos.
Trabalhos
viagens
Atividades
interesses pessoais
nos separaram anos á fio.
E é bom nem fazer contas
de quanto tempo passou...
Lá se foi a vida
rompendo
Portugal
França
Espanha
Inglaterra
Holanda
outras terras
outros tempos
outras esferas  
pensamentos
contratempos
Vivenciar...
Então ele de volta ao Brasil
marcamos de nos encontrar 
e fomos
Eu esperava me surpreender 
com o tempo esculpido 
em seu rosto um novo rosto
Eu o iria mesmo reconhecer ?
No tempo previsto 
chegamos
- o tempo não passou pra você
cá estamos!
Dias
meses 
anos 
Não construíram um rosto esquecido
E retomamos o ponto em que paramos...
Longa conversa
detalhada
entalhada
rebuscada
emocionada
histórias empilhadas
Uma a uma contadas
Fotografias descritas, 
reveladas.

Ama comigo o amigo
pra sempre querido

Velhos amigos 
são braços estendidos
de longe
de perto
além mar
Avenir...






Marcos

Razão e sensibilidade!




Depois de tudo
Ficas tão sensível
E tem de se afastar
E eu tão sensível fico
Depois de tudo
Só quero te abraçar...
Noutras vezes tantas
nem era solidão
não era
não era o seu braço
nem abraço
era mesmo a tua ausência
insuperável
presença...
É por isso que quando estejas
antes 
durante
abraços e depois
descanso em abraços
de novo
permaneças
pois que quando te ausentas
e eu de braços vazios
dos teus braços
numa solidão intransponível
fico...





Marcos Segala

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Quando te vi...






Eu estava já desconsolado
quando encontrei você
e vi o seu sorriso
consolador
tão evidente 
que até duvidei que sorrisse 
mesmo pra mim...
mudei de lugar
e de longe 
o seu olhar no meu olhar penetrava
e seu riso no meu riso
meu sorriso alcançava
o que me fez saber que tudo aquilo 
era mesmo pra mim...
desde então 
cada vez que te vejo
o que chega primeiro é um sorriso
antes mesmo de ter
o seu olhar
no meu olhar...




Marcos

Águas tranquilas




Quando me atentas
A prestar atenção no que intentas
E me guardas
De desabar ansiedades
Na minha alma
derramadas
Desalinhadas
Alinhavadas


Serenamente me acumulas
De cuidados
Que aseguras
Que meu barco 
em teu cuidado
Está cuidado 


Consumado...



Marcos 

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Naturalmente natural




As duas arvores 
em frente á minha casa
na calçada
estiveram por longo tempo desfolhadas


Seriamente secas, desnudas, semi-nuas


As estações se desdobram
alterando sensivelmente
a paisagem
e as sensações de vê-las 
esguias alteradas
elegantes
arvorecidas 
perseverantes vivas
verdejantes


Também verdece a certeza esperançada
de que o novo trás o novo renovado
Esverdear...

Na vizinhança 
noutras árvores
um tucano nos visita 
bem ali ao alcance da vista


E confirma um oásis preservado


grades de concreto armado e aço
não chegaram aqui


Não nos roubaram de todo 
as delícias do olhar 
com tanta natureza
naturalmente acercada...



Marcos

Os seus treze anos de idade




Esther,
Muitas mulheres especialmente marcaram a minha vida, 
mina d’água, rios, águas-vivas... Elas passaram e passaram...

Mas você, pequena-mulher-minha-filha, ficará comigo para sempre. Água represada... 

Não sei explicar o que eu sinto como pai, 
como homem que se torna influência, braço de sustento, apoio, mestre que te apresenta possibilidades de conhecimento e sinaliza o mapa no seu caminho. 

Não pense que quero estabelecer suas escolhas 
ou viver a sua vida, 
sei que é bem diferente o seu viver cotidiano, contemporâneo em comparado ao que vivi na sua idade, quando sua idade eu vivi, tudo era muito diferente até porque sob o ponto de vista de um rapazinho o mundo e horizontes masculinos em nada se comparam ao seu mundo, lindo, doce, horizontes femininos que cercam os seus treze anos de idade...

É provável que você se afaste um pouco e me olhe à certa distância, 
espero ter escolhido a palavra certa pra dizer dessa possível distancia... 

Não se afaste ao ponto de tornar incerta nossa vista...

Quero ao menos ser o seu “chefe de torcida” e estar ao seu lado estimulando as muitas vitórias que almejo em seu caminho.

Mulheres influentes como me foi a sua avó Quiquinha, 
mãe, avó, mulher, enfermeira, professora zelosa do bem no ensino e no exemplo que influenciou nossas vidas, embora já não esteja mais conosco, está e permanece naquilo que nos ficou vincado em nosso caráter aprendido dela.

Deixe que as coisas livremente aconteçam
assim como na primavera nascem as flores, no verão se rompem os frutos, conseqüentemente as estações coerentes da sua própria idade, tornem-te numa mulher influente como pessoa florescendo e frutificando como já o faz para comigo, seja e faça para com o mundo ao seu redor.

Incrível, 
como quase sempre acreditamos que tudo gira á nossa volta, centros de atenção...
E realmente, todos nós somos mesmo um ponto de referencia para quem está ao nosso lado, á nossa volta e nós ao lado deles, á volta deles todos... 

Cercando-se constantemente o mundo dos seus iguais. Assim cumprindo a força e poder do Universo em que fomos criados e existimos 
seja, 
veja, 
assim seja.

Feliz Aniversário! 

09 janeiro 2012.


Marcos