quinta-feira, 20 de setembro de 2012

o amor é flor





Era uma flor singela

nascida calma 
antes da primavera
entre os rochedos
despertada
forte
petalada
levantou-se
persistente
contra as intempéries presentes
achou lugar 
pra florescer
não foi plantada
mas suprimiu exuberante
qualquer outra flor
de mais nobreza
ou beleza
não fora escolhida
pra alegrar a mesa
num vaso de vidro translúcido
mas enfeitava
bela
um canto 
tosco do jardim
Era uma flor singela...


Marcos Segala

Nenhum comentário:

Postar um comentário