quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Meu amparo







Queria ter um lugar

alto retiro

onde pudesse refugiar

meu mundo

quando preciso

Tenho a casa

a sala

o quarto

o jardim

os livros

uma taça de vinho

Caminho a pé por aí

por entre as arvores

testemunho a solidão do sol

no entardecer

desmaiando no horizonte

melancólico quase triste

raramente encontra a lua

findo o dia

Fecho os olhos

vejo o retiro 

que procuro

dentro em mim

o Teu refúgio...

Marcos Segala



quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Sobejou



















O pão de cada dia

Acredito

banquete

mesa posta

saciado

não duvido


Haverá

para o faminto 

pão

fruta

água

vinho

minha mãe me falava de um maná,

recolhido do enviado divino...

quero que meus filhos saibam,

que de maná serão supridos!

Acreditus...


Marcos Segala






 


















 














































Tá gostado, Combinado!







Você gosta

eu gosto

assim pouco

importa

se alguém desgosta

eu gosto

nós gostamos

eles gostammmmmmmmmm

gostamos todossssssssssssssss

 

Marcos Segala

Doce mel



 
 
 
 
 
 

Me adoça

a glicose

doce e adoço

adocicado

do seu doce

então adoço

me adoce

e a vida sempre assim

açucarado


adocicado

lambuzado


Marcos Segala

Aveiro




















A água ferve nas plantas quando rego,

água quente nas torneiras

esvaindo

evaporando

sob o sol ardente

escaldante

desmaiado

derretido

me derreto

escorro

desaguando a fio

como rio indo prosseguindo avançando

me banhando inteiro

agua fria

aguaceiro


Oceano...




Marcos Segala


fruto o bastante


















 

"Ainda que a figueira não floresça, e a vide não dê o seu fruto..."

sei que no pior dos se nãos que eu os ouço dizer

sei que o vinho novo foi feito das águas vivas

e que o pão era servido pão partido

e havia o bastante para todos!

Era assim,


Marcos Segala

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Alegre despertar




 
 
 
 
 
 
Cada dia
que eu acorde rindo
ria rio renovado dia bem vindo
bendito o dia acordado
meus olhos visto
mais um dia vindo
dias melhores
que os primeiros dias
são prometidos
novos tempos
novos dias
 
 
 
Marcos Segala


Amplidão





Nasci numa casa ampla
Avantajada
Mãe de filhos
Acostumei os olhos ao que via
Bom gosto
Obra prima
e eu pirralho
Ao ralho
Dos maus feitos cometidos
Me sentido
Favorito
Dentre a filharada toda
Bendito
O fruto do teu ventre
Mãe de filhos...


Marcos Segala

Indo longe













Eu nem sabia ao certo quem eu era
quem eu ia
quem eu via
ia indo nem sabia ao certo vindo
até que um dia
veio vindo indo e vindo findo o trilho
sina sino
me retomando a via
andança
mudança
caminho


Marcos Segala


Eu girassol






Quando me disse
sempre seria dia
meio dia
meus dias
acreditei
viver dias ensolarados
embora
chuvosos
nublados
não importa
bom dia
bons dias
sombra e água limpa
vivi longos dias
com Teu sol ao redor de mim...


Marcos Segala















Eu refletido



 
 
 
 
 
 
Um dia ele mostrou-me
no espelho dos seus olhos refletidos nos meus olhos inteiros
dentro dos meus olhos inteiros
olho no olho olheiro
um bela tartaruga de mim mesmo
cabeça intimidada
enfiada numa carapaça
casco
cascudo
duríssimo
depois mostrou-me o rascunho de mim
nos seus olhos vistos
Vi
uma águia abrasando nos céus de mim mesmo
e eu a voar
domínios
algures
mais altos
que aqueles na carapaça
carapuça
que eu vivia atolado... Foi quando descobri que poderia mudar os rumos do meu destino apenas tendo uma imagem mais nítida de mim mesmo no espelho.
 
 
Marcos Segala
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Acolhimento



 
 
 
Fui educado
 
para achar
 
que eu não era
 
o bastante
 
bastava-me saber
 
o meu lugar de colo que eu tinha
 
o resto
 
era todo o resto que eu tinha
 
mas só uma coisa valia
 
sabia o colo que eu tinha...
 
 
Marcos Segala
 
 
 
 
 
 
 
 
 


sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Nas margens do tempo





As coisas
sofrem seu desgaste
natural
naturalmente
desigual
envelhece
envelheço
Muda a minha cara
traços contornados
na idade
do meu rosto
O espelho mostra-me isso
sem nenhum pudor
constrangimento
Despudorada
desconstrangida ficou a minha vida
reinventada na idade
rejuvenesço
na minha alma
remoçada...


Marcos Segala

A fé e a poesia





Ainda bem
que o esboço
da poesia
me abraça
forte
e anela
a alma
Revitaliza
Como um veio
de fé
no coração
Mar eterno
desagua o meu peito
caminho feito
as vezes refeito
na contramão...


Marcos Segala

Do outro lado do mar





O gelo
derreteu
A lembrança
esqueceu
A água
o boi bebeu
O tempo
que passou
O relógio
que atrasou
O passado
não voltou
O ano
que voou
E eu avancei
cresci
ultrapassei
o horizonte
e olha eu aqui
Do outro lado de mim...


Marcos Segala

Eu permaneço






Nem por uma só vez
Uma vez só
Posso abrir mão da Confiança
Redobro
A esperança
Aguardo
O reparo do tempo
Os olhos da Providência
Aderindo
A bela vista
Que almejo
À frente
Encontrar...


Marcos Segala