terça-feira, 20 de dezembro de 2016

O abraço da casa que me abraça!


aconchego
/ê/
substantivo masculino
  1. 1.
    ato ou efeito de aconchegar.
  2. 2.
    acolhimento, amparo físico junto a alguém ou algo; abraço.






















Dia desses, fui abordado por uma amiga que me pediu ajuda para o projeto da casa da filha que acabara de se casar... 
A primeira casa é especial e marcante! Está cercada de elementos que lembram o improviso e reaproveitamento de móveis de família que somados a outros de recente aquisição tornam, a meu ver a casa ainda mais gostosa!
E na minha opinião a casa pode tudo, menos parecer que não tem alma! Uma casa desalmada nunca!
Como imprimir personalidade e aconchego a uma casa que tem tão poucos referenciais de historia? A casa recém-nascida, não tem obrigatoriamente que ter cara de "joelho"! Risos
Há elementos que podem ter acompanhado o casal ao longo de sua história de vida, há outros que foram presenteados pela família como ajuda na montagem do novo lar... 
"Que princípios você usa para dar aconchego a um projeto?" Perguntou a minha amiga, é uma questão intuitiva, respondi... Depois fiquei pensando ter guardado comigo os segredos de uma casa aconchegante!
Daí resolvi escrever essa página para ela, e que sirva também para quem esteja montando a primeira casa!
Nessa fase a casa está por si só, cercada de atmosfera romântica... E os referenciais do romantismo, são os mesmos do acolhimento na decoração. Uma casa clean, pode ser prática, mas também pode ser fria! E ter ares de inacabada!
A casa acolhedora, te abraça e faz sentir que há calor e festividade no ar... 
Então, elementos que possam gerar sensação de alegria e contentamento, também geram bem-estar e acolhimento! A casa bem vestida, gera esse aconchego. Luz natural filtrada por cortinas deixam o ambiente convidativo. um tapete delimita ambientes e traz esse calor, necessário, rompendo com a frieza do piso nu... é um complemento indispensável. O uso de madeira, também é responsável por essa sensação de abraço festivo; A luz de um abajur produz também essa mesma sensação... Peças de família tem lugar especial na casa aconchegante! E por fim um certo esmero na arrumação e ordem dos objetos da casa, passam essa sensação de que o ambiente foi pensado, não para ser uma vitrine de ideias, mas para garantir a quem chega, colo, calor e o doce abraço afetivo que toda casa deve oferecer! O meu lar, meu teto, meu refúgio, meu abrigo...
A foto acima ilustra esse lugar gostoso de estar, sem luxos e despudoradamente livre dos vícios impostos pelo imposição do consumismo! A casa com alma tem a cara de quem vive dentro dela!



Marcos Segala 

Nenhum comentário:

Postar um comentário