quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Lenitivo






"Os dias são maus..." Bons são os dias  quando há intervenção de Deus em nossos dias; o noticiário televisivo anuncia e derrama em nossos ouvidos  as más notícias diárias e apesar de que aqui e ali hajam desestímulos avantajados,  constantes, há também em contra partida uma boa nova que se renova, ou se mantém intacta latente no coração daquele que confia na Mão da Providência. E apesar de todos os dissabores que nos cercam, contornamos, certos de que certificado o coração no sabor da fé confirmada na esperança, não desanimamos; seguimos adiante.
É bem provável que no sopro primeiro que nos encheu de vida os pulmões, tenha abastecido inteiro a nossa capacidade de superar as limitações próprias do barro da nossa fragilidade humana. Abastecidos de eternidade por dentro, somos capazes de avançar reveses que se formem em nosso caminho.
Bem melhor do que me queixar, é me dispor a acreditar no Bom, no Bem, no Amor, na Fé, na constância que a confiança nos propõe a caminhada. Caminhantes, todos somos, seguindo avante as direções e considerações visíveis ou invisíveis...  Prefiro pensar que quando todos os recursos faltam ou falham, escassos ficam, permanecem a fé, a esperança e o amor, sabendo que o maior deles é o amor. Deus é amor. 

Marcos Segala

Nenhum comentário:

Postar um comentário