quinta-feira, 1 de novembro de 2012

pelas janelas te vejo







Enchi os olhos
de céu
lá fora
céu azul
nuvens cor-de-rosa
parei alí por uns minutos
com todo aquele céu bonito
dentros dos olhos
infinito
quando a casa entrei
os olhos da casa
eram
o céu aberto
que vi lá fora
e a casa cheia de céu
era azul
era rosa
era um pedacinho de céu
cá dentro...



Marcos Segala

Nenhum comentário:

Postar um comentário