sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Do outro lado do mar





O gelo
derreteu
A lembrança
esqueceu
A água
o boi bebeu
O tempo
que passou
O relógio
que atrasou
O passado
não voltou
O ano
que voou
E eu avancei
cresci
ultrapassei
o horizonte
e olha eu aqui
Do outro lado de mim...


Marcos Segala

Nenhum comentário:

Postar um comentário