terça-feira, 11 de setembro de 2012

gênesis






Há momentos
não sou gênero
sexo
algum
acreditando-me
masculino
feminino
nem sou o que sou homem
nem sou o que sou mulher
nem sou o que não sou
tornado 
fosse
seria
alma vivente
eu sou
cheio de vida
sou o que eu sou...


Marcos Segala

Nenhum comentário:

Postar um comentário