quinta-feira, 13 de setembro de 2012

viva lembrança





Lembrei-me agora mesmo
sua voz posta
imposta
aos meus ouvidos
atentos
a voz de minha mãe
ecoando pela casa
sorridente
contente
lembrança antiga
tão presente
de repente
lendo-me estórias
edificantes
divertidas
cantando
cantarolando
ou rindo simplesmente
os sons da sua voz
na sala ecoando
numa sintonia 
alcançável 
pronta
dia e noite
sua voz amiga
comigo 
ouço...


Marcos Segala

Nenhum comentário:

Postar um comentário