terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Naturalmente natural




As duas arvores 
em frente á minha casa
na calçada
estiveram por longo tempo desfolhadas


Seriamente secas, desnudas, semi-nuas


As estações se desdobram
alterando sensivelmente
a paisagem
e as sensações de vê-las 
esguias alteradas
elegantes
arvorecidas 
perseverantes vivas
verdejantes


Também verdece a certeza esperançada
de que o novo trás o novo renovado
Esverdear...

Na vizinhança 
noutras árvores
um tucano nos visita 
bem ali ao alcance da vista


E confirma um oásis preservado


grades de concreto armado e aço
não chegaram aqui


Não nos roubaram de todo 
as delícias do olhar 
com tanta natureza
naturalmente acercada...



Marcos

Nenhum comentário:

Postar um comentário