domingo, 13 de maio de 2012

meu aniversário no seu dia!



Era domingo tranquilo
daqueles de se ficar em casa dormindo
um dia frio
tomar um chá 
um chocolate quente
um cobertor no sofá da sala quentinho
ler um livro
Era dia de mãe
em todos os sentidos
na data do calendário
e na hora chegada de trazer-me á luz
Fui tecido num ventre 
abrigo protegido
meu primeiro lar, 
meu berço
meu colo
meu ninho 
meu amparo
minha morada primeira  
recôndito de sua carne encarnado
no ventre formado um menino
nem sei de fato ao todo ao certo
a que proposito terei sido tecido
no folego de vida prontamente defendido
dos ataques que surgiram nas ameaças de um aborto proposto...
o seu amparo
me salvara a vida 
me deixara viver
e só isso bastaria pra que eu enchesse de alegria a própria vida
acredito
é uma dádiva viver
célula bipartida 
sua vida prolongada na minha
Feliz dia de mãe!
Feliz dia de filho!


Marcos Segala

Nenhum comentário:

Postar um comentário