terça-feira, 13 de março de 2012

menina-moça-moça-menina




Você
me disse
com certo incomodo
que tornou-se mocinha
e o trabalho novo
que isso significa
das tarefas hormonais
do seu corpo
impulsionando a mulher
que recriada agora
da sua costela menina...
Faz tudo isso se parecer
quase maluquice,
que trabalheira!
Mas saiba
que o mesmo se passou
com o belo corpo de sua mãe
e de sua avó
quando a vida
expôs a elas
a bela possibilidade
de reproduzirem a vida
e foi assim que você veio
e foi assim que eu vim
e quando penso nisso,
é só alegria...
É mesmo assim,
depois da escuridão
da noite
em que eu dormia
aconteceu de haver
a luz do sol
todo dia
um clarão
meio dia
À noite num clarão
tem lua cheia
noite cheia de estrelas
incontáveis estrelas
a perder de vista
pra desdizer
que tudo fosse noite escuridão
Abra os olhos
Menina moça
Moça menina
Compensação...


Marcos Segala

Nenhum comentário:

Postar um comentário