sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Alegria refletida







Sem transtornos 
de personalidade
eu só queria
me saber
singelo de alma
e de humilde 
e puro o coração
pouca coisa
serviria 
pra conduzir o meu destino no tempo
que fosse um só pensamento
mas que não vivesse escondido no porão...


Não precisava ser mar
ser rio 
um fio d'água escorrida
Um braço afluente do que é seu
uma poça de alegria líquida
refletindo a luz serena de um astro
que por sua vez brilhasse intenso
no universo inteiro 
num momento 
luz refletida no chão...




Marcos

Nenhum comentário:

Postar um comentário