quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Pródigo eu?





Vou me negar a vida inteira?
e sofrer 
e amargar
me abnegar
e abdicar dos meus bens de direito
e sair
por aí forasteiro
gira-mundo,
Rosa mundo
Raimundo...


Fingindo que está tudo bem
gastando mal 
todo o bem que me tem 
minha herança desperdiçada
meu ganho derramando


vida saindo se perdendo... 


Esvaindo.


Vou assumir o meu nome que eu sou
e voltar 
Pródigo  
pra casa do pai,
trouxe comigo um amigo
Ama - comigo
o Amigo
e espero 
Bem-Vindo
Acredito,
Bendito
Infinito...


"... E a glória do segundo templo será
maior do que a do primeiro."




Marcos

Um comentário:

  1. MUITO BOM. UM BOM RETORNO DO PRODIGO E UMA MARAVILHOSA A PRESENTAÇÃO DE UM GRANDE AMIGO.

    ResponderExcluir